BRASILEIRO TOMA MAIS BANHO, MAS LAVA MENOS AS MÃOS

Em 2011, um brasileiro quebrou um recorde mundial. Não foi em nenhuma modalidade esportiva, nem na economia. Uma pesquisa foi atrás do comportamento, da rotina dos brasileiros. Fizeram uma pesquisa em dez países, quatro da Europa. O Brasil ficou mesmo em primeiríssimo lugar. Ninguém toma tanto banho quanto nós. São 20 por semana, quase três por dia. Mas, lavamos muito pouco as mãos. Um hábito que pode prevenir várias doenças. (G1)

A publicitária Ana Carolina Soares toma pelo menos dois banhos por dia. É um hábito que começou na infância. ‘Eu preciso de um banho para acordar e me sinto melhor antes de dormir tomando um banho também’, justifica.

Brasileiro gosta de banho. Somos recordistas mundiais. Ficamos em primeiro lugar em uma pesquisa feita em dez países. No Brasil, tomamos em média quase três banhos por dia. Na Índia, são três por semana. ‘Eu acho que o clima influencia um pouco. Vivemos em um país tropical’, lembra um brasileiro.

O brasileiro adora tomar banho, mas não tem tanto cuidado com a higiene das mãos. É o que diz a mesma pesquisa. Nesse hábito, o Brasil caiu para quinto lugar. Ao todo, 1.057 brasileiros foram entrevistados. Só 16% disseram que lavam as mãos antes de alimentar as crianças, menos da metade (49%) quando usa o banheiro, 46% antes de preparar a comida e 21% depois de tocar em animais.

Em um shopping nem é preciso ir ao banheiro. A pia fica na praça de alimentação, mas poucos param. ‘É falta de cuidado, falta de informação também. Se o pessoal soubesse como o dinheiro mesmo transmite bactérias e outras doenças, teria mais cuidado’, opina o técnico em eletrônica Mario Ricardo.

Lavar as mãos sempre com água e sabão ou usar álcool gel é mais importante do que tomar tantos banhos. A mão entra em contato com tudo. É o que diz o infectologista Julival Ribeiro: ‘Eu posso me contaminar com um vírus ou uma bactéria e a depender do meu estado imune desenvolver até uma infecção’.

É uma questão de mudança de hábitos: ‘Tem que ensinar às crianças desde pequenas a ter certos hábitos: ir ao banheiro, lavar as mãos, chegar em casa, lavar as mãos, vai almoçar. Lavar as mãos, eu faço isso com as crianças, com os meus netos, fiz com os meus filhos’, diz a professora Ligia Zardo. Outro dado preocupante: 30% dos brasileiros sabem que os germes existem, mas não se preocupam com os riscos.

Fonte: consuladosocial

 

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>